Existe idade para começar a tocar instrumento de sopro?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-Existe-idade-para-começar-a-tocar-instrumento-de-sopro

Conforme o tempo voa, muita gente deixa de fazer coisas que gostam porque acha que já não tem mais idade para se aventurar em novidades. Não são poucos os casos de pessoas que desistem de fazer um curso acadêmico, de tirar carteira de motorista ou de aprender um idioma usando a idade como justificativa. O mesmo acontece com quem adoraria aprender a tocar um instrumento de sopro, mas acha que já não dá conta mais.

Mas isso não é verdade. É certo que, quanto mais jovem, mais habilidade o cérebro tem de adquirir novos conhecimentos. Mesmo assim, ele deve continuar a ser exercitado para toda a vida. Portanto é possível e saudável que pessoas adultas e até na terceira idade possam aprender a tocar um instrumento de sopro. A música faz companhia e é uma verdadeira terapia nos dias de hoje, conforme você verá neste post.

Condicionamento físico

Os instrumentos de sopro, como trompetes, trombones, tubas e flautas estão entre o que produzem o som mais bonito, mas exigem bom condicionamento físico. Afinal, a força que vai gerar o som harmonioso dos aparelhos vem do ar que sai dos pulmões do tocador. Por isso, alguns idosos, fumantes ou pessoas com problemas respiratórios podem sentir dificuldades para tamanho impulso. Mas isso não significa que precisam desistir.

Instrumento de sopro: questão de técnica

A verdade é que cada instrumento exige uma técnica diferente e todas podem ser aprendidas. Assim, a flauta, mais leve, exige menos força física enquanto que a tuba, grande e pesada, pede postura e fôlego. As aulas incluem, além do aprendizado das notas, o ensino de como soprar com mais eficiência e menos cansaço.

Escolhendo o instrumento mais adequado para as crianças

Pais que sonham em ver os filhos tocando um instrumento ou garotos e garotas que expressam esse pedido também precisam analisar qual escolher. Um instrumento de sopro como a tuba é grande e pesado para os pequenos, mas pode fazer a cabeça dos adolescentes. A flauta e a gaita, por outro lado, podem ser ensinadas para crianças mais novas. Muitas escolas de ensino básico, inclusive públicas, em várias cidades do país, oferecem o ensino da música na sua grade curricular. O professor terá capacidade de avaliar o perfil do aluno e indicar o melhor instrumento para ele.

Fazer aula de música é caro?

Depende. Nas grandes e médias cidades existem diversas escolas particulares de música, que ensinam a tocar vários instrumentos. Nas cidades do interior de estados com tradição em bandas de música, como Minas Gerais, por exemplo, é possível encontrar preços bastante acessíveis e até aulas gratuitas. Nos grandes centros, quanto mais conceituada a escola, maior o valor.

Avalie o custo benefício

O mais importante, em se tratando de aprender um instrumento, é avaliar o custo-benefício. Para quê você quer aprender a tocar? Como passatempo ou para se tornar um músico profissional? Quer montar uma banda ou fazer parte de uma orquestra? Cada objetivo exige um aprendizado específico.

Para quem quer apenas aprender música para seu próprio prazer, cursos básicos são suficientes. Na internet é possível encontrar sites e endereços de variadas escolas e professores particulares. Avalie o perfil de cada um e peça indicações de quem já fez as aulas. Se o que você quer é se tornar um profissional, há escolas que oferecem cursos avançados dos mais diversos instrumentos. Diversas universidades federais também têm aulas de música e um ensino mais profundo, ideal para quem quer fazer parte de orquestras ou big bands. Além disso, busque sempre comprar seu instrumento em lojas especializadas, que lhe darão total garantia sobre o produto.

Saiba que o mais importante quando o assunto envolve aprender um novo instrumento, independente da idade, é a dedicação. Todos nós somos dotados da capacidade de aprender e mesmo quem tem dificuldades pode assimilar novos conhecimentos. O tempo de aprendizagem é diferente para cada um, por isso, não se cobre. Dedique-se e divirta-se!

Tem mais alguma dúvida sobre quando é melhor começar a tocar um instrumento de sopro? Deixe seu comentário!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×