5 músicas fáceis de tocar com apenas quatro acordes da guitarra

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-5-musicas-faceis-de-tocar-com-apenas-quatro-acordes-da-guitarra

Aprender a tocar guitarra é um exercício de persistência e foco. No começo os dedos doem e as notas parecem difíceis de serem executadas.  Mas com o tempo os movimentos tornam-se naturais e passam a ser automáticos. Após a familiarização com o instrumento é importante escolher algumas músicas fáceis de tocar e começar a praticar.

Nesta etapa, o objetivo é memorizar a posição de cada acorde, assim como a transição entre eles. Isso tudo deve acontecer dentro do ritmo da música, determinado pelo movimento da outra mão. Conheça cinco músicas fáceis de tocar com apenas quatro acordes da guitarra. É agora que começa a diversão!

Knockin’ on Heaven’s Door: clássico de Bob Dylan

Knockin’ on Heaven’s Door é uma das músicas mais famosas do Bob Dylan. Lançada em 1973, já foi regravada por inúmeros artistas, dentre eles Guns N’ Roses, Erick Clapton, Roger Waters, Pink Floyd, Bon Jovi e até Zé Ramalho. Em ritmo lento, ela tem apenas quatro acordes (Am, C, D e G) que se repetem ao longo de toda a música.

Que País é Este?: uma das músicas mais fáceis de tocar do poprock brasileiro

Que País é Este foi composta por Renato Russo, quando tocava no Aborto Elétrico, em 1978. Mas só em 1987 que foi lançada no álbum de mesmo título do Legião Urbana. Os músicos explicaram no encarte do álbum que a música nunca fora lançada por causa do sentimento de esperança que todos eles nutriam. Na década de 80, com a cenário político desestabilizado, a banda finalmente lançou a que seria a música nacional mais tocada de 87. O ritmo mais acelerado compensa o fato de ser uma música em três acordes: C, D e Em.

Highway to Hell: rock pesado também se toca com poucos acordes

Esse clássico do AC/DC, Highway to Hell também é uma das músicas fáceis de tocar com apenas quatro acordes: A, D, G e E. A música também dá nome ao álbum da banda lançado em 1979, último do vocalista Bon Scott.

Flores: rock alternativo em sua essência

Flores foi lançada pelos Titãs em 1989 e é cantada por Branco Mello. Os acordes A4, D, G e G5/D revezam-se em ritmo moderado do rock alternativo. Os fãs da banda especulam sobre o significado da letra. Ela seria o relato de um funeral feito pelo próprio morto que teria cometido suicídio.

Johnny B. Goode: toque com clássico com poucos acordes

Johnny B. Goode é um clássico de Chuck Berry, lançado na década de 50. Além de fácil de tocar com os acordes E, D, B e A, ela vai animar a sua setlist e até as rodinhas de amigos. A letra fala sobre um músico no início da sua carreira e foi considerada a terceira melhor música de todos os tempos. Não é inspirador?

Praticar músicas fáceis de tocar é um ótimo método para aprender a se tornar mais íntimo da guitarra. Com o tempo você vai tirá-las de letra e este é o momento de arriscar algumas mais difíceis. Mesmo quando você já tiver partido para cifras mais complicadas, as músicas fáceis sempre terão um lugar especial na sua setlist. Elas são ótimos distrativos durante os intervalos de ensaios e trazem um pouco de confiança quando aquele acorde complicado insistir em não sair.

Já sabe por onde começar? Compartilhe suas experiências nos comentários!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×