Lições de guitarra Bebop: 2 etudes que você precisa saber

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-Licoes-de-guitarra-Bebop-2-etudes-que-voce-precisa-saber

O Bebop é tocado por três ou quatro músicos unidos numa das correntes mais influentes do Jazz. Baseada no improviso, o movimento foi considerado um marco no surgimento do jazz moderno e representou uma revolução para o ritmo, com a presença de síncopes e figuras rítmicas complexas. Não são músicas compostas originalmente para dançar, por isso se diferenciavam muito das músicas populares da década de 40.

Por ser baseado no improviso, o método de estudo aqui aplicado envolve o desenvolvimento e aprimoramento da técnica musical. Por isso, os etudes são importantíssimos. Eles existem para desenvolver uma habilidade técnica específica quando tocando instrumentos solo. Para dominar o verdadeiro espírito do jazz, algumas lições de guitarra Bebop elevarão o seu nível musical. Aprender a tocar Jazz Bebop na sua guitarra envolve movimentos complicados e a habilidade de desenvolver progressões harmônicas densas. Conheça 2 etudes que você precisa saber nas suas lições de guitarra Bebop.

Lições de guitarra Bebop: influências do saxofone

O grande saxofonista do jazz Charlie Parker tem seu talento comparado aos dos grandes músicos da história. É um dos nomes mais famosos do Jazz, por isso sua influência chega até as lições de guitarra Bebop, por meio do movimento B9, um dos padrões mais conhecidos do jazz. O padrão é 3, B9, R, 7.  Deve ser tocado numa frequência regular até que o músico consiga aumenta-la mantendo o som limpo e fluido.

Lições de guitarra Bebop: movimento perpétuo

Este etude, assim como o anterior é aplicado sobre uma progressão de ciclismo dominante a partir de G7.  Este padrão é 3, 5, R, 7. Se este padrão continuar a subir a cada novo ciclo, em pouco tempo você ficará sem trastes na guitarra para tocar. Por este motivo a oitava é reduzida para o segundo acorde.

Estes são dois exemplos de etudes que ajudam a desenvolver a técnica necessária ao se tocar Bebob. Um bom etude ajuda a aprimorar os movimentos e a velocidade do guitarrista. Assim como chegar à melodia e profundidades que o jazz exige. Domine as lições de guitarra Bebop e comece a criar seus solos como um gênio do Jazz. Nos ensaios, use as notas para aquecer os dedos. Desta forma, no momento do improviso, você estará pronto para dar o seu melhor e impressionar seus colegas de banda.

Desenvolver seu repertório de jazz é tão importante quanto ter uma boa base técnica para guitarra. Isso porque este estilo musical influenciou e ainda influencia todos os grandes guitarristas da história. Não raro encontramos referências ao jazz em músicas country, rock, folk etc. Dedique parte do seu tempo de estudo musical para praticar os etudes. Além disso, ouça música, converse sobre música, pesquise sobre a importância do Bebop. O jazz é mais que ter uma técnica apurada. É sobre ter algo a dizer e fazê-lo com o coração por meio da música.

Você está pronto para começar a improvisar um jazz? Conhece outras lições de guitarra Bebop? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×