5 dicas essenciais para levar instrumentos no avião

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-5-dicas-essenciais-para-levar-instrumentos-no-aviao

Muitos músicos profissionais estão na estrada constantemente. E, com isto, acabam tendo que levar seus instrumentos a todos os lugares. No caso de distâncias maiores, é comum levá-los no avião. Porém, você precisa ficar atento a certos detalhes para não ficar na mão, já que o transporte de bagagens no avião é mais delicado. Levar consigo a nota fiscal de compra do instrumento, por exemplo, é uma das atenções que você deve ter para não enfrentar problemas ao transportar os instrumentos em viagens.

Confira, nesse artigo, outras cinco dicas essenciais para que você possa levar instrumentos no avião sem problemas:

1. Bagagem de mão

Uma opção para levar instrumentos no avião, dependendo do instrumento, é colocá-lo como bagagem de mão. Esta pode ser uma vantagem para instrumentos mais delicados e que podem ser danificados caso sejam levados no bagageiro do avião.

Para que você possa levar com você, eles devem caber confortavelmente nos compartimentos de bagagem dentro da aeronave. Normalmente é permitido que violões, violinos e outros instrumentos deste porte possam ser levados assim. Deve-se lembrar também que há limite de peso para bagagem de mão.

2. Cogite levar instrumentos no avião na cabine

Caso seu instrumento seja bem delicado e seja grande demais para ir no compartimento de bagagem, você pode levá-lo na cabine junto com você. Porém, para isto, você terá que levar o instrumento numa poltrona próxima a você e também pagar uma passagem só para ela.

Para instrumentos mais caros e delicados, o custo vale a pena, pois assim você poderá garantir que ele chegará intacto no seu destino. Há também algumas regras: o instrumento não pode pesar mais de 46 quilos (junto com o estojo) e nem medir mais de 290 centímetros.  É preciso também colocar o cinto de segurança nele, além de estar devidamente embalado pra não machucar nenhum passageiro.

3. Pesquise as normas da companhia

Seja na bagagem de mão, no bagageiro ou na cabine, para levar instrumentos no avião é preciso que você cheque as normas da companhia em relação ao transporte do instrumento – principalmente se a viagem for internacional. Algumas delas exigem tarifas diferenciadas ou possuem algumas normas diferenciadas. Para não se aborrecer, confira estas regras antes mesmo de comprar a passagem.

4. Chegue cedo no check in

Seja indo no bagageiro, como bagagem de mão ou na cabine com você, o check in com instrumentos, principalmente grandes, é mais demorado do que o convencional. Isto porque é preciso conferir medidas, pesos e se o equipamento está embalado adequadamente para despachá-lo, se for o caso, ou conferir se está tudo adequado para que seja levado por você até a aeronave.

Lembrando que, caso você despache o instrumento, lembre-se de identificá-lo corretamente com seus dados, para que não ocorra confusões e problemas na hora de pegá-lo.

5. Verifique seus direitos

Tanto com a companhia aérea, quanto o código de defesa do consumidor asseguram direitos a você em relação ao transporte do seu equipamento. Informações como o que ocorre em caso de extravio, avaria, danos ao instrumento, em que condições você pode transportá-lo com você, o que deve ser feito para embalá-lo de forma adequada segundo as normas da companhia, etc. são públicas e devem ser observadas antes da viagem. Assim, em caso de qualquer problema, você poderá acionar o Procon ou, em casos mais graves, até mesmo entrar com uma ação judicial, caso tenha um direito lesado.

Estas são algumas dicas essenciais para você que vai viajar e pretende levar instrumentos no avião. Tem alguma dúvida sobre este tema? Mande para nós nos comentários e responderemos a você.

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×