Conheça esse instrumento de bocal: a trompa

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-Conheca-esse-instrumento-de-bocal-a-trompa

A trompa é um instrumento de bocal, ou seja, é um instrumento que funciona por meio do sopro. O bocal nada mais é que uma peça de apoio para os lábios, que gera som por meio da vibração. O restante da trompa, um tubo metálico de cerca de três metros e meio e ligeiramente cônico, é responsável por amplificar o som. Ela pode ser considerada um instrumento difícil de tocar, mas o segredo está no estudo da técnica e no aprimoramento diário. Conheça mais sobre esse instrumento de bocal: a trompa.

Instrumento de bocal, som dos lábios

O bocal da trompa é feito para receber o som produzido pela vibração dos lábios, e conduzi-lo para o restante do instrumento, onde ele será amplificado. Ele tem formato cônico e é relativamente fundo, características que garantem um som aveludado a este instrumento de bocal. A posição correta dos lábios, aproximadamente três quartos do lábio superior para um quarto do lábio inferior, permite maior controle do som produzido.

Energia do corpo inteiro

Para tocar a trompa, assim como todo instrumento de bocal, com energia e vivacidade é preciso exercitar os músculos de todo o corpo. Ainda mais quando estes músculos estão ligados à respiração, já que uma respiração rasa prejudica o desempenho musical. Aprender a usar a plena capacidade dos pulmões é fundamental para desenvolver suas habilidades como músico.

Tudo começou com um chifre

A trompa surgiu há milhares de anos, quando caçadores descobriram que os chifres dos animais podiam produzir som. Eles os passaram a usar como meio de comunicação durante as caçadas e em rituais religiosos. Com o surgimento da forja, as trompas passaram a ser feitas de metal, mas não passaram de tubos retorcidos aleatoriamente. Com o passar dos anos, o aprimoramento do instrumento resultou no modelo atual, com válvulas que alteram a passagem de som pelo instrumento, multiplicando o número de notas possíveis.

Instrumento canhoto

Ao contrário de todos os outros instrumentos com pistos/rotores, na trompa eles são acionados com a mão esquerda. Isso porque a mão direita é usada para segurar o instrumento, assim como para produzir variações sonoras ao longo da música, atuando como um abafador do som, diretamente na campana.

Mão direita na campana

A campana é o final do instrumento, a grande e redonda saída do som. Usar a mão direita dentro da campana é uma manobra sonora que funciona como um abafador sonoro. A mão absorve grande parte da vibração da campana, interceptando o caminho que o som deveria seguir. Para tanto, é necessário que a posição da campana seja alterada para baixo e para trás, o que pode atrasar o som do instrumento e prejudicar a sua reverberação pelo ambiente.

Apesar de integrar a família dos metais, a trompa é um instrumento de bocal que tem suas origens nos chifres, nas conchas e em troncos escavados. Foi amplamente usado como instrumento de sinal, por isso tem um tom solitário, que se projeta para longe. Ao contrário do trompete, cujas funções estavam intimamente ligadas ao exercício militar. Suas características singulares fazem da trompa um instrumento com timbre único.

Você já pensou em tocar a trompa? Conte pra gente nos comentários!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×