Como escrever progressões de acorde de maneira fácil e rápida

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Musica-Mais-Como-escrever-progressoes-da-corda-de-maneira-facil-e-rapida

Se você já passou da fase de conhecer o seu violão e está dominando os acordes, chegou a hora de evoluir nos estudos. Dominar as progressões de acorde é uma habilidade avançada para musicistas. Elas são quaisquer sequencias de acordes usados em uma música. São os sons que dão emoção e sentido às melodias. Quando começar a praticar, você vai perceber que certos acordes pedem complementos, ou seja, outro acorde que formará a progressão e a tornará agradável.

Da mesma forma, algumas progressões de acorde serão familiares, uma vez que muitos músicos lançaram mão deste recurso para compor melodias de sucesso. Aprenda como escrever progressões da corda de maneira fácil e rápida.

Aprenda bem a teoria

Nesta etapa é fundamental que a teoria seja muito bem absorvida. Só assim os estudos de progressões de acorde serão realmente produtivos. Numa escala de notas, usamos números romanos para diferenciar os graus desta escala. Sendo o primeiro acorde (ou a tônica) representado pelo I, o segundo é II e assim por diante até o VII. O acorde de número VIII é igual ao primeiro, mas uma oitava acima.

Combinações básicas de progressões de acorde

Algumas progressões de acorde básicas usam a sequência I, IV e V. Ou seja, acordes de tônica (I), subdominante (IV) e dominante (V). Por exemplo, numa escala de tonalidade de C Maior, a sequência de notas será: C D E F G A B C. A progressão com acorde de tônica C será C Am F G. Muitas destas combinações serão familiares, pois compõem a base de uma infinidade de músicas conhecidas. O grande diferencial entre a mesma sequência tocada por um ou outro músico está na velocidade e no tempo permanecido em cada nota.  

Progressões populares

A melhor forma de identificar progressões de acorde ao tirar uma música de ouvido é ter um grande repertório musical já aprendido. Para tanto, o primeiro passo é praticar e memorizar a maior quantidade de progressões conhecidas. Comece tocando um Lá Maior (A) e preste atenção no som que sairá das suas cordas. Agora faça um Lá Menor (Am). Sinta a diferença entre os dois, a melodia alegre do primeiro e a melancolia do segundo. São essas sensações relacionadas às notas que farão uma progressão “dizer algo” em uma música.

A teoria por trás da técnica musical é tão importante quanto a prática com o instrumento. Você deve aprender a entender uma música da mesma forma que seus dedos se acostumarão com a rigidez das cordas. Aprender a escrever progressões de acorde é fundamental para qualquer músico, principalmente se você está começando a tirar músicas de ouvido. Faça os exercícios e varie suas velocidades. Escute cada nota atentamente e procure identificar como ela soa, em qual contexto musical ela seria bem recebida. Entendimentos como este são grandes diferenciais entre os bons e os excelentes músicos.

Dedique-se aos estudos, baixe o e-book “Aprenda a estudar música em casa” e melhore seu desempenho a cada dia. Ficou alguma dúvida? Conta pra gente nos comentários!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×