Em quais periféricos é melhor investir?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A escolha de equipamentos de som é um momento decisivo na vida de qualquer músico ou profissional que trabalha com produção de áudio. Seja você um mero amante da música ou um produtor com anos de estrada, já deve saber que não basta apenas ter talento, bons instrumentos e disposição para gravar e editar seus trabalhos, não é mesmo?

Dependendo do seu objetivo, é muito importante saber exatamente quais os periféricos indispensáveis e que valem a pena investir, antes de sair comprando tudo que vê pela frente e acabar se arrependendo no futuro. Acompanhe o nosso post e entenda quais são os melhores periféricos  para se investir.

Monitores de referência

Diferentemente das caixas de som comuns, os monitores de referência proporcionam uma experiência sonora muito mais clara e detalhada, além de fazerem toda a diferença no trabalho de mixagem e produção musical. São pequenos detalhes – como graves, reverbs e delays – que fazem com que o investimento em um monitor de referência seja algo a se pensar.

Os monitores da Mackie ou da Yamaha são excelentes custo-benefício e possuem configurações específicas que podem ser adequadas ao seu objetivo, seja hobby ou profissional. O importante é saber que os monitores de referência são essenciais para que você, músico ou produtor, ouça com mais clareza e precisão àquilo que está produzindo.

Controlador MIDI

Muitos músicos amadores – ou até mesmo profissionais – utilizam teclados comuns para composição e mixagem de áudio, fazendo com que o instrumento faça as vezes de um controlador MIDI. No entanto, o controlador MIDI é uma ferramenta fantástica para a composição e produção musical, pois possibilita a mixagem de sons que não se limitam àqueles dos instrumentos comuns.

Um bom controlador MIDI varia de acordo com o seu objetivo – se para produção em estúdio ou performances ao vivo, por exemplo – mas podem ser encontrados na faixa de R$900,00 a R$3.000,00.

Mesa ou placa de som

Uma mesa ou placa de som é indispensável para qualquer um que deseje se aventurar no mundo da música. Como todos os demais periféricos, a escolha da mesa ou placa de som deve estar relacionada ao seu objetivo. Para entender um pouco melhor sobre o que estamos falando, pare um momento e tente responder às seguintes perguntas: quantos instrumentos pretendo gravar? Preciso de mais de dois canais de gravação?

A atenção a estes detalhes é muito importante para identificar o tipo de placa ou mesa de som ideal para você. Para gravações de voz e violão, por exemplo, o ideal seria contar com uma interface Foscurite com dois canais. Para gravações mais elaboradas e complexas, com baixos, instrumentos de sopro e bateria acústica, uma placa com 10 ou mais canais pode ser interessante para captar todos os sons com perfeição.

O investimento em periféricos  para seu estúdio ou home studio deve ser bem pensado e pesquisado antes de qualquer coisa, para que você faça uma compra consciente e em sintonia com a sua realidade. Quais dos modelos acima você conhece ou prefere? Conte para a gente!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×